Cotidiano
Avalie este item
(0 votos)
Itamarandiba registra morte por Dengue Hemorrágica, Secretaria de Saúde faz alerta quanto as medidas de prevenção

Hoje, 22 de outubro, a Secretaria Municipal de Saúde divulgou uma nota oficial confirmando uma morte por dengue hemorrágica. O óbito ocorreu no dia 21/10. Confira a baixo a nota na íntegra sobre a morte.

Avalie este item
(0 votos)
Polícia Militar de Itamarandiba prende homem por porte ilegal de arma dentro de um táxi

A Polícia Militar de Itamarandiba prendeu um homem, suspeito por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, nesta terça-feira, 20 de outubro.

Durante operação Batida Policial, a guarnição foi contatada pelo SD Andrade, o qual estava de folga, a quem relatou que visualizou um indivíduo de passageiro em um táxi, que o mesmo com várias denúncias de mercancia ilícita de entorpecentes, que a suspeita de transportar algo ilícito seria real.

De posse das informações, foi mobilizado a guarnição do turno e PMs de folga; que através de uma ação célere, realizaram a abordagem do táxi e lograram êxito em localizar uma garrucha embaixo do banco do passageiro, vindo o suspeito assumir a propriedade da arma. Vale ressaltar que o taxista não sabia das intenções do suspeito abordado pela PM e estava na rotina de seu trabalho. 

Participaram da ação TEN Caldeira, SD Petronio, SD Arthur, SD Siste, SD Andrade e SD Silveira.

Avalie este item
(0 votos)
Moradores dos bairros Cidade Jardim e São Geraldo reclamam da falta de água há mais de sete dias. Município acionou a justiça para obrigar a COPASA a normalizar o serviço

A falta de água recente em toda a cidade ainda não acabou para muitos moradores, é o caso de algumas famílias no bairro Cidade Jardim e alto do bairro São Geraldo.

Na quarta-feira, 07 de outubro, um transformador que permite o fornecimento de água pela Copasa à cidade foi danificado por raios. Após alguns dias, ainda no sábado, o transformador foi ligado, fazendo a água voltar para uso da população. O fato causou revolta de toda população e ainda um manifesto do prefeito municipal, para abrir uma sindicância contra a empresa.

Hoje, 14 de outubro, muitas casas já voltaram a receber o abastecimento de água normalmente, mas ainda assim, muitas casas que ficam no alto da cidade não recebem uma gota de água há mais de sete dias.

Os moradores relatam que têm que tomar banho na casa de parentes, enquanto a limpeza da casa e roupas ficam em segundo plano. Há relatos de pessoas que não tomam banho há dias, sendo que, em meio à pandemia do covid-19, um dos principais fatores de risco é justamente a falta de higiene.

Os moradores da Rua Bahamas, no bairro Cidade Jardim, relatam que estão em uma situação complicada e não entendem o porquê de algumas casas da Rua Colômbia terem água à noite, pois são ruas próximas, e nas casas mais abaixo não há uma gota de água para beber.

Nossa reportagem foi até o escritório da Copasa, mas, em razão da pandemia, o local se encontra com atendimento restrito.

A Prefeitura Municipal, por sua vez, manifestou que vem adotando todas as medidas administrativas e até judiciais para que a COPASA normalize o abastecimento público na cidade, uma vez que já se extrapolou, em muito, o prazo razoável para a manutenção dos equipamentos e saneamento da prestação defeituosa do serviço.

De acordo com o procurador do Município, Dr. Pedro Afonso, foi ajuizada uma ação civil pública em face da COPASA, no intuito de garantir o abastecimento alternativo da população e a completa normalização do abastecimento que já afeta, inclusive, os serviços públicos essenciais de saúde.

No fechamento desta reportagem, o Itamarandiba Hoje obteve a informação que o Poder Judiciário local acolheu o pedido do Município, sendo publicada no final da tarde deste 14/10 uma decisão liminar que obriga a COPASA  a normalizar o serviço de abastecimento na cidade, no prazo de 24h, além de garantir o abastecimento alternativo à população afetada até a normalização completa dos serviços. A empresa ainda será cientificada da decisão.

Acesse o link e confira a decisão: 

https://drive.google.com/file/d/1Kk0kfaFMI1L5ZdvpoQI95zjfrXoqxor-/view?usp=sharing

 

Avalie este item
(0 votos)
Vigilância Sanitária interdita estabelecimento que descumpriu medidas de prevenção ao covid-19, no centro de Itamarandiba

Neste 10 de outubro, a Vigilância Sanitária realizou a interdição de estabelecimento localizado no Largo do Souza, no centro de Itamarandiba, que teria descumprido as medidas de prevenção estabelecidas para a redução dos riscos de transmissibilidade do novo coronavírus. 

O estabelecimento (um bar) havia obtido recentemente o alvará de funcionamento após o município aderir ao plano Minas Consciente e ser permitida a autorização das atividades presenciais do setor de bares, restaurantes e lanchonetes.

No entanto, mesmo sendo reiteradamente orientado quanto a todos os protocolos sanitários que deveria de cumprir para garantir a biossegurança necessária para a realização da atividade, o estabelecimento teria descumprido as medidas, no dia de ontem (09/10), criando as condições para aglomeração multitudinária de pessoas no estabelecimento ao ponto de interditar vias, comprometendo também o trânsito no local.

“A vigilância havia comparecido no local ainda na manhã do último 09 de outubro e reiterado todas as orientações preventivas para a garantia do funcionamento regular e seguro do estabelecimento, mas todas elas foram ignoradas pelo estabelecimento, em manifesto descaso com a sociedade, motivando reiteradas denúncias e a interdição do estabelecimento que se manterá fechado.”. Disse funcionaria da vigilância.

De acordo com a Vigilância, esta foi a segunda interdição realizada apenas esta semana. E outras serão realizadas sempre e quando as medidas orientativas sejam esgotadas sem sucesso, vez que a partir do momento em que o estabelecimento descumpre as medidas preventivas, restritivas e sanitárias que visam a reduzir os riscos de transmissibilidade do novo coronavírus ele se torna nocivo à saúde pública e, por isso mesmo, pode ser interditado de imediato.

A vigilância alerta ainda que é preciso que os setores se conscientizem da importância de cumprirem e reforçarem as medidas de prevenção no âmbito das atividades, sobretudo num cenário em que assistimos um incremento dos casos positivos e a evidência da transmissão comunitária local do vírus, sob pena  do Município se vê forçado a adotar medidas para restringir novamente o funcionamento de algumas atividades para conter o avanço da doença.

Qualquer cidadão poderá noticiar irregularidades que tiver conhecimento diretamente nos seguintes canais:  3521-3186, O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. e ou diretamente na ouvidoria municipal na internet e-ouv https://sistema.ouvidorias.gov.br/publico/MG/Itamarandiba/Manifestacao/RegistrarManifestacao

 

 

Avalie este item
(0 votos)
Polícia Civil de Itamarandiba prende homem em flagrante, após violar medida protetiva

A Polícia Civil de Itamarandiba prendeu em flagrante nessa quinta-feira, homem que violou medida protetiva de urgência e apareceu na Secretaria de Saúde procurando a vítima.

Acionada pela Secretaria Municipal de Saúde, a equipe de policiais civis se deslocou até a secretaria municipal, mas foi informada de que agressor e vítima já não estavam no local.

Iniciadas as diligências para capturar o homem, a equipe permaneceu nas buscas até a parte da tarde, quando logrou êxito em encontrar o agressor dentro da casa da vítima.

Ao perceber a presença da polícia o autor tentou evadir pelos fundos, foi abordado e contido pelo Delegado Raphael.

Em diligências preliminares foi apurado que o autor quebrou os telefones das vítimas para que não pudessem chamar a polícia e permanecia na casa contra a vontade das vítimas.

O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado para Capelinha, para posteriormente seguir para Teófilo Otoni, vez que o Delegado negou sua fiança.

 

Avalie este item
(0 votos)
Polícia Civil de Itamarandiba conclui inquérito, acerca de roubo à Caixa Econômica Federal e Sicoob Cred

A Polícia Civil de Itamarandiba, concluiu nesta data inquérito policial referente ao roubo à Caixa Econômica Federal e ao Sicoob Cred, praticado por cerca de 09 criminosos em que foram usados explosivos para a destruição dos caixas eletrônicos e cofre das agências.

O roubo ocorrido em 2016 foi realizado por organização criminosa especializada, cujos membros utilizavam armas longas e de grosso calibre como fuzis, espingardas cal. 12, submetralhadoras e estavam protegidos por coletes balísticos.

Os criminosos cercaram às ruas que davam acesso aos bancos e parte do grupo realizou múltiplos disparos contra o quartel da Polícia Militar para evitar a ação dos policiais, que ficaram encurralados na unidade.

Houve identificação de dois envolvidos, um deles já faleceu e o outro foragido, foi indiciado, sendo pedida sua prisão preventiva.

Os envolvidos foram identificados graças ao trabalho da equipe de peritos da polícia federal que colheu as digitais dos suspeitos nos veículos utilizados na ação e abandonados pelos criminosos.

 

Pagina 1 de 129

 

{{galo}} {{face}} {{zero}}
HomeCotidianoApós 12 dias de investigação, Polícia Civil identifica autor do estupro contra menino de 10 anos